6.4 C
Alba Iulia
sábado, fevereiro 29, 2020

Televisões e jornais repercutem pedido de asilo no Brasil do ex-espião Edward Snowden

Must Read

Alvaro Dias participou de entrevista no programa da jornalista Leda Nagle

O senador Alvaro Dias participou de entrevista no programa da jornalista Leda Nagle. Ele fala sobre o fim do...

Entrevista ao historiador Marco Antonio Villa

Na entrevista concedida ao historiador Marco Antonio Villa, o senador e presidente da Frente Parlamentar pela Prisão em Segunda...

O “Jornal das Dez”, da Globonews, repercutiu no Congresso o eventual pedido de asilo político feito pelo ex-funcionário da CIA, Edward Snowden, ao governo e ao povo brasileiro. Snowden não fez um pedido formal de asilo ao governo, mas redigiu uma carta aberta ao povo do Brasil, que circula na internet. No texto, como afirma a Globonews, ele se diz disposto a colaborar com autoridades brasileiras nas investigações sobre espionagem norte-americana, e disse que somente um asilo permanente impediria que os Estados Unidos interferissem no direito dele de se manifestar.

Entrevistado pelo “Jornal das Dez”, o senador Alvaro Dias afirmou que o País precisa adotar um tom cauteloso diante de um pedido de asilo de Snowden. A preocupação, segundo o senador, é o impacto da decisão sobre as relações com os EUA, um dos maiores parceiros comerciais do Brasil.

“Nesse caso há uma circunstância que coloca em risco a relação do nosso país com os Estados Unidos, e aí há interesse econômico, comercial da maior importância”, afirmou o senador à Globonews.

Também os jornais Folha de S.Paulo e Estado de S.Paulo repercutiram no Congresso o eventual pedido de asilo de Snowden. À “Folha”, o senador Alvaro Dias afirmou que a questão deve ser “muito bem ponderada” diante da própria “postura tímida” adotada até aqui pelo Executivo. O senador alega que não houve reação mais concreta às suspeitas de espionagem na Petrobras, por exemplo.

Ao “Estadão”, o senador Alvaro Dias disse que, até o momento, não há comprovação dos crimes de espionagem citados em documentos vazados pelo ex-funcionário da CIA e divulgados em reportagens da imprensa. “O governo não agiu como se crime tivesse ocorrido. A reação não foi proporcional à existência de crimes”, avaliou o senador.

Ainda no “Estadão”, Alvaro Dias classificou como “tímida” a reação do governo diante das suspeitas de espionagem, mesmo com a desistência da presidente Dilma Rousseff de participar de uma visita de Estado aos Estados Unidos e a condenação feita por ela, na Organização das Nações Unidas (ONU), à prática de espionagem.

Veja aqui a reportagem da Globonews, e leia as matérias da Folha de S.Paulo e do Estado de S.Paulo

- Advertisement -
- Advertisement -

Latest News

Alvaro Dias participou de entrevista no programa da jornalista Leda Nagle

O senador Alvaro Dias participou de entrevista no programa da jornalista Leda Nagle. Ele fala sobre o fim do foro privilegiado, cobra a prisão...

Entrevista ao historiador Marco Antonio Villa

Na entrevista concedida ao historiador Marco Antonio Villa, o senador e presidente da Frente Parlamentar pela Prisão em Segunda Instância, Alvaro Dias, falou sobre...

Projeto do Podemos suspende criação de nova tarifa bancária do cheque especial

Líder do Podemos na Câmara, o deputado federal José Nelto (GO) confirmou, nesta quinta-feira (19/12), que vai protocolar um Projeto de Decreto Legislativo para...

Alvaro Dias e Podemos entrarão no STF contra Abuso de Autoridade e farra do fundão

O senador Alvaro Dias e as bancadas do Podemos no Senado e na Câmara dos Deputados anunciaram, esta terça-feira (17/12), que entrarão com ações...
- Advertisement -

More Articles Like This

- Advertisement -